segunda-feira, 30 de maio de 2016

A fuga da Freirinha...

Estavam duas freirinhas, já tarde da noite, caminhando pelas ruas de uma cidade em direção ao convento, quando perceberam que estavam sendo seguidas por um tipo grandalhão e mal encarado.
— Irmã, estamos sendo seguidas!
— Impressão sua. Vamos dobrar esta esquina para nos certificarmos.
Dobraram a esquina e o homem atrás delas.
— Que vamos fazer?
— Andar um pouco mais.
E ele continuou seguindo as duas, para desespero delas. Até que uma sugere:
— Irmã, tive uma ideia. Vamos virar na próxima rua e correr uma para cada lado. Quem chegar primeiro ao convento pede socorro.
E assim o fizeram. Ao chegarem à esquina, dispararam em direções opostas. Uma delas conseguiu chegar ao convento e, ofegante, contou às outras freiras o ocorrido. Todas ficaram apavoradas e já iam chamar a polícia quando aparece a outra freirinha, toda esbaforida. 
 
piada da freira esperta
— O que houve?
— Saí correndo e o homem veio atrás de mim.
— E aí?
— Chegou um momento que eu virei uma rua e dei de cara com um beco sem saída. Tentei voltar, mas aquele louco já havia chegado.
— Meu Deus! E depois?!
— Ele me olhou com uma cara muito maliciosa, sorrindo. Então eu ri também e levantei o hábito até o pescoço.
— Oh! E o que ele fez?
— Abaixou as calças até os pés.
— E daí??
— Daí que mulher de saia levantada corre muito mais que homem de calça abaixada, né?!

Nenhum comentário:

Postar um comentário