segunda-feira, 30 de maio de 2016

7 Cuidados Importantes Para Cuidar de Pessoas com Demência


7 Cuidados Importantes Para Cuidar de Pessoas com Demência


Um dos momentos mais  difíceis da minha vida foi quando minha mãe foi diagnosticada com demência. Afinal, trata-se de uma doença degenerativa e sem cura, então não tinha ideia de como lidar com isso. Como eu cuidaria dela? Seria mesmo preciso contratar algum cuidador para isso? Com o passar do tempo, percebi que não há muito o que fazer, além de manter a pessoa segura e com conforto. No entanto, tive alguns aprendizados que foram e têm sido muito úteis e que vale a pena compartilhá-los para quem passa por este momento tão delicado, mas que pode ser mais fácil com esses passos. 
 
1. Leve-os para almoçar ao ar livre
Estudos científicos mostraram que comer e beber ao ar livre podem melhorar a qualidade de vida. Faz com que as pessoas sintam que fazem parte de um grupo. As dificuldades físicas causadas pela demência pode dificultar a vida social, e a pessoa pode ficar muito deprimida e até agravar o quadro clínico. Por isso, faça isso de vez em quando. Leve o seu parente para almoçar ao ar livre em um dia ensolarado, e convide amigos e familiares para socializar com ele. Isso o fará sentir-se melhor.
2. Deixe-os observar e imitar as suas açõescomo cuidar de pacientes com demência
Outro estudo comprovou que realizar refeições com pacientes com Alzheimer ou demência pode ajudá-los a realizar certas tarefas, pois eles observam suas ações e as imitam. Por exemplo, uma pessoa com com demência pode ter dificuldade para segurar garfo e faca, e às vezes não sabe o que fazer com eles. No entanto, ao observá-lo fazendo suas refeições, pode ajudá-los a lembrar. E isso não se restringe somente às refeições. Pode ser feita em outras atividades, como usar o telefone e lavar roupa. Os pacientes observam e imitam. Isso é fundamental para que tenham mais independência, além de diminuir o avanço da doença.
3. Prepare uma refeição que eles reconheçam
No caso da demência, é mais fácil para o paciente reconhecer algumas memórias da infância do que lembrar o que aconteceu no dia anterior. Então, prepare alguma refeição que faça parte de suas memórias. Lembre-se de algum preparo do qual ele gosta muito e faça. Isso será um grande benefício para a mente e o bem-estar do paciente.
 
4. Peça para tocarem pianocomo cuidar de pacientes com demência
Isso vale somente para aqueles que já tenham tocado o instrumento anteriormente. Um estudo realizado em 2015 com 200 pacientes que residiam em casas de cuidados para idosos mostrou que aqueles que não realizavam atividades durante o dia tinham menos qualidade e expectativa de vida. Também foi comprovado que a maioria das atividades de casas de repouso nem sempre atraem tanto os pacientes, e isso inclui estereótipos como bingo, televisão e atividades manuais. Dentro do estudo, alguns participantes disseram que gostariam de tocar piano mas ninguém os encorajava a isso, pois os profissionais responsáveis pelos idosos achavam que eles não tinham capacidade para isso. Por fim, foi comprovado que pacientes que realizavam hobbies e atividades que costumavam realizar anteriormente tinham mais facilidade de socialização, e estava menos propensos a momentos de solidão e frustração.
5. Verifique se estão bebendo água
A desidratação é uma das maiores causas de óbito de pessoas com demência. Com o aumento da idade e o avanço da doença, os pacientes esquecem de diversas atividades, inclusive tomar água durante o dia, ou não tomam simplesmente porque não conseguem pedir, pois perderam a capacidade de comunicação, e também por terem dificuldade de engolir. Por isso, delicadamente faça com que o seu parente tome água durante o dia, e também pode ser suco, chá e até mesmo isotônicos para repor os minerais. Sopa e refeições e alimentos com alta quantidade de água também são uma boa opção, como maçã, pepinos e folhas.

6. Toque as músicas favoritas deles​como cuidar de pacientes com demência
A música tem o enorme poder de elevar o espírito e proporcionar bem-estar, e isso inclui pessoas com demência. De acordo com a Associação de Alzheimer, nos Estados Unidos, a música pode acalmar pacientes muito agitados, melhorar o humor e também a coordenação motora, pois o motor central do cérebro responde imediatamente ao estímulo do som. Procure pelos sucessos de quando seu parente tinha 20 anos, pois esta é uma fase da vida em que estamos muito ligados à música, além de fazer reativar a memória deles.
7. Faça passeios na natureza
Pequenos passeios e caminhadas em locais onde há natureza faz com que as pessoas sintam-se melhor e mais à vontade. Um estudo científico realizado em 2014 mostrou que pacientes com demência que passavam mais tempo em locais ao ar livre, como jardins, eram menos agitados comparados aos que ficavam em locais fechados. Rebecca Whear, a profissional responsável pelo estudo, declarou que cenários como jardins são uma forma de terapia em que as pessoas têm mais facilidade de se envolver com o ambiente. Pacientes com demência são encorajados a sentir o perfume das flores ou simplesmente pisando na terra ou grama, e em alguns casos faz com que lembrem da época em que cuidavam de flores e plantas em seus jardins quando eram mais jovens.

Fonte: prevention.com

A fuga da Freirinha...

Estavam duas freirinhas, já tarde da noite, caminhando pelas ruas de uma cidade em direção ao convento, quando perceberam que estavam sendo seguidas por um tipo grandalhão e mal encarado.
— Irmã, estamos sendo seguidas!
— Impressão sua. Vamos dobrar esta esquina para nos certificarmos.
Dobraram a esquina e o homem atrás delas.
— Que vamos fazer?
— Andar um pouco mais.
E ele continuou seguindo as duas, para desespero delas. Até que uma sugere:
— Irmã, tive uma ideia. Vamos virar na próxima rua e correr uma para cada lado. Quem chegar primeiro ao convento pede socorro.
E assim o fizeram. Ao chegarem à esquina, dispararam em direções opostas. Uma delas conseguiu chegar ao convento e, ofegante, contou às outras freiras o ocorrido. Todas ficaram apavoradas e já iam chamar a polícia quando aparece a outra freirinha, toda esbaforida. 
 
piada da freira esperta
— O que houve?
— Saí correndo e o homem veio atrás de mim.
— E aí?
— Chegou um momento que eu virei uma rua e dei de cara com um beco sem saída. Tentei voltar, mas aquele louco já havia chegado.
— Meu Deus! E depois?!
— Ele me olhou com uma cara muito maliciosa, sorrindo. Então eu ri também e levantei o hábito até o pescoço.
— Oh! E o que ele fez?
— Abaixou as calças até os pés.
— E daí??
— Daí que mulher de saia levantada corre muito mais que homem de calça abaixada, né?!

As 18 Regras do Dalai Lama Para a Vida

As 18 Regras do Dalai Lama Para a Vida

Fonte:  Tudo por email
Não importa se o Dalai Lama é uma personalidade política ou religiosa. Não importa se você é budista ou tem outra crença. Estes simples e sábios conselhos de um homem que viajou pelo mundo e sacrificou-se tanto na tentativa de liberar seu povo merecem encontrar abrigo em seu coração e mente.

É muito difícil discordar das suas palavras, pois elas têm como objetivo conduzir-nos uma vida melhor, com serenidade e paz de espírito.
 
 
1. Lembre-se de que grandes amores e grandes conquistas implicam grandes sacrifícios.
2. Lembre-se de que o silêncio, às vezes, é a melhor resposta.
3. Viva uma vida boa e respeitável, de forma que, quando você envelhecer, possa recordá-la e sentir-se satisfeito e reconfortado.
4. Uma atmosfera amorosa em casa deve ser a base de sua vida.
5. Ao discutir com quem você ama, mantenha-se no assunto e não traga coisas do passado.
6. Compartilhe o seu conhecimento. Este é o caminho para a imortalidade.
7. Seja gentil com a natureza.
8. Uma vez por ano, vá a algum lugar que você não conhece.
9. Siga os três Rs: Respeito por si mesmo, Respeito pelos outros e Responsabilidade pelas suas ações.
 
10. Lembre-se de que o melhor relacionamento é aquele em que o amor de um pelo outro é maior do que a necessidade um do outro.
11. Avalie o seu sucesso pelos sacrifícios que você fez para alcançá-lo.
12. Quando você perder, não perca a lição.
13. Lembre-se de que, às vezes, não conseguir o que queremos é um golpe de sorte.
14. Lembre-se das regras de maneira que possa transgredi-las adequadamente.
15. Não permita que coisas pequenas perturbem uma grande amizade.
16. Quando perceber que cometeu um equívoco, corrija-o o mais rápido que puder.
17. Passe alguns momentos sozinho todos os dias.
18. Mantenha-se aberto às mudanças, mas não perca os seus valores.
As 18 Regras do Dalai Lama Para a Vida