segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

MEDICINA-Câncer de mama e 7 recomendações vitais do INCA

Câncer de mama e 7 recomendações vitais do INCA

Dr Nelson Antonio - Especialista em ginecologia , Ministério da Saúde. Palestrista e médico cooperado da UNIMED/BH. Médico ginecologista da Secretaria de Saúde de Contagem / MG


Doença de Paget - Uma forma estranha de câncer de mama, e aparece na parte externa do peito, no mamilo, na aréola. Pode parecer uma erupção inocente mas que, então, se torna em uma lesão com aspecto seco. Trata-se de um câncer de mama que deve ser tratado urgente !



CÂNCER DE MAMA - o assassino número um de 49 mil brasileiras por ano( 2010)









Matuschka – Beauty Out of Damage (1993)
Matuschka, fotógrafa, mastectomizada. Sua foto vale mais que mil palavras. Considerada uma das 100 fotos mais significativas e corajosas da humanidade! Expôs seu tórax nu , mutilado pelo câncer da mama, para chamar a atenção do mundo feminino para os cuidados preventivos.





Câncer de Mama : é o segundo em incidência e o que mais mata as mulheres: um milhão no mundo, perto de 49,2 mil brasileiras em 2010.

"Estimativa, Incidência de Câncer no Brasil 2010-2011", segundo o INCA :
o Brasil terá 500.000 novos casos de câncer por ano. Entre eles, 49.240 são relativos aos tumores de mama. A doença deve fazer mais vítimas no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e Paraná.










As sete recomendações do INCA( Instituto Nacinal do Câncer ) para reduzir a mortalidade por câncer de mama no país
:
1. Toda mulher tenha amplo acesso à informação com base científica e de fácil compreensão sobre o câncer de mama.
2. Toda mulher fique alerta para os primeiros sinais e sintomas do câncer de mama e procure avaliação médica.
3. Toda mulher com nódulo palpável na mama e outras alterações suspeitas tenha direito a receber diagnóstico no prazo máximo de 60 dias.
4. Toda mulher de 50 a 69 anos faça mamografia a cada dois anos.5. Todo serviço de mamografia participe de programa de qualidade em mamografia. A qualificação, quando obtida, deve ser exibida em local visível às usuárias.
6. Toda mulher saiba que o controle do peso corporal e da ingestão de álcool, além da amamentação e da prática de atividades físicas, são formas de prevenir o câncer de mama.
7. A terapia de reposição hormonal, quando indicada na pós-menopausa, seja feita sob rigoroso acompanhamento médico, pois aumenta o risco de câncer de mama.

Fonte: INCA , Boletim de 15/10/2010

Fatores de Risco para o Câncer de Mama
-1ª menstruação (menarca) muito cedo (antes dos 12 anos)
-nunca ter engravidado
-ter engravidado com mais de 30 anos
-última menstruação (menopausa) acima de 55 anos
-doenças benignas na mama (cistos)
-terapia de reposição hormonal
-câncer de mama em mãe, irmã ou filha, antes da menopausa
-câncer de mama em avós, tias e primas
-Ca na mãe, fazer exames 10 anos antes do caso familiar(45? Aos 35 anos).
-uso abusivo de álcool (3 ou mais drinques por semana)
-vida sedentária/obesidade
-alterações genéticas (converse com seu médico)
-uso de hormônios na menopausa, sem severo controle ginecológico

MAMOGRAFIA - Deve ser feita se não houver casos familiares de Ca de mama ( mãe/irmã ), uma de base aos 35 anos, e a partir dos 40 anos, anual,
ou mais freqüente por indicação médica. Levar as mamografias anteriores para estudo comparativo e evolutivo. SUS: faz-se a mamografia dos 40/50 até os 69 anos.
Ultra-sonografia não tem valor como método de screening, procura em massa populacional.

Padronização dos laudos mamográficos
Class.Comitê Americanode radiologia – BIRADS ( Brest Imaging Reporting and Date System)
Categoria 0- Inconclusivo. Exames que necessitam de complemento
por métodos de imagem ( compressão localizada, magnificação, ultra-som)
Categoria 1 – Achados negativos/normais. Seguimento normal ( anual
a partir de 40 anos ).
Categoria 2 – Achados benignos. Seguimento normal ( anual
a partir dos 40 anos).
Categoria 3- Achados provavelmente benignos. Seguimento semestral
por 2 anos no mínimo ou outras condutas clínicas.A seguir, anual.
Categoria 4- Achados suspeitos para malignidade Indicado estudo
cito ou histológico.. ( 4A-baixo risco, 4B-risco intermediário,
4 C- Risco moderado )
Categoria 5 – Achados altamente suspeitos ou malignidade. Estudo cito
ou histopatológico obrigatório
Categoria 6 – Malignidade comprovada com histologia, ainda não feita
terapêutica definitiva

Autoexame das mamas:A partir dos 20 anos, mensalmente.Apenas 20 % das mulheres o fazem.O período correto de fazer o autoexame é de 6 a 10 dias após o 1º dia de sua menstruação,ou marque um dia fixo no mês se você não menstrua mais.
Procurar por CAROÇOS (NÓDULOS) -mesmo que não doam,SECREÇÕES SAINDO PELO MAMILO (espontaneamente ou quando você aperta),ALTERAÇÕES DA PELE (espessamentos localizados, feridas, coceiras).
Se detectar qualquer anormalidade,procure um médico.Não entre em pânico:o auto-exame detecta um possível câncer de modo precoce, com grandes chances de cura além de ter a possibilidade de cirurgia de menor porte para combatê-lo ( INCA: só 3,35 % dos casos de câncer de mama são precoces ). Além do mais, pode se tratar de um nódulo mamário benigno.Não tenha medo de auto-examinar-se. Você pode estar salvando sua vida. TOQUE-SE!
Mas é imprescindível um exame clínico mastoginecológico anual pelo médico especialista.
Não existe medidas preventivas para o câncer de mama mas apenas o DIAGNÓSTICO PRECOCE. Daí a importância de se cuidar e se vigiar constantemente para que, se necessário, o tratamento surja precocemente , salvando sua vida e , em muitos casos, 90 % deles , até mesmo sua mama sem necessidade de retirá-la ! Visite anualmente seu ginecologista! Cuide-se!

4 comentários:

  1. tenho um caroço na axila, as vezes ele doe muito,e sinto muita dor e ardençia no seio, o meu ginecologista nem se quer tocou direito,e ai o que eu faço?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procure um mastologista, faça uma mamografia ( se és maior de 35 anos ( ou, se jovenzinha, quem sabe um US mamário...). Meu abreijo, drnelsonantonio@gmail.com

      Excluir
  2. Olá Dr Nelson Antonio, eu tenho 17 anos e sinto um carocinho no mamilo direito, minhas tias, irmãs e minha própria mãe dizem que é de idade, mas o que me incomoda é que não sinto esse caroço no mamilo esquerdo.
    O que eu faço, devo me preocupar ou simplesmente elas têm razão em dizer que é "mal de idade"?
    Obs: Esse caroço não dói e parece ser bem circular e rígido.
    Agradeço desde já sua compreensão.
    Beijos e abraços!!!
    :) :) :) :) :) :) :)

    ResponderExcluir
  3. Olá doutor estou em pânico de ontem para hoje meu mamilo está doendo e aperto e sinto um caroço estou muito preocupada me ajuda...

    ResponderExcluir