terça-feira, 21 de dezembro de 2010

À dama de lingerie vermelha



À dama de lingerie vermelha
Nelson Antonio


Meu amor, meu lindo e ainda jovem botão de rosa vermelha .





Eu te amo.
Extasias meu coração, não só pela vibrante cor da paixão com que te vestistes ontem e sempre em nossas noites de amor mas, principalmente , pelo veludo acetinado e refinado do seu eu interior que me aquece de doçura, encantamento e emoção.
Eu te admiro, te amo e tenho a infinita vontade infinita de te ver e fazer sempre Feliz, como agora não estás por culpa minha e de meus desesperos atuais , que tão bem intuís..
És , em nossa camisolinha de vermelho, minha paixão. Eu te amo.Sempre .
Desculpe se fui ignorante com você em algum momento destes últimos dias ...
Acho que é porque sou uma pessoa muito Feliz e tenho medo de perder a absoluta Felicidade de estar sempre ao seu lado, como agora. Te amo,
seu ,
apaixonado.
nelson antonio

Nenhum comentário:

Postar um comentário