domingo, 12 de dezembro de 2010

SAUDADES


Saudades
Nelson Antonio Corrêa


Ai do meu Amor
Que sente saudades de ti.
Da saudade a pior dor
É a própria saudade de si...



Saudade do que foi feliz

Vontade de se reviver

Lembranças de tudo que fiz,

Esquecimento do que ví morrer...



Saudade é um doce esquecer

Do que me fez sofrimento

Lembrando mil delícias a crescer,

Ah!...Armadilhas do tempo !



Ai do meu Amor

Que sente saudades de ti.

Quem renasce a própria dor

Não tem é piedade de si !...

Nenhum comentário:

Postar um comentário