domingo, 12 de dezembro de 2010

Tardes de Solidão


Tardes de Solidão

Nelson Antonio
19/05/2008


Triste, sou meu passarinho
Engaiolado em mim... na solidão.
Meu pensamento não consegue sozinho
Libertar a amargura de meu coração....


Este vazio despreenchendo tudo
- A animosidade, a vontade de construir -
Parece um mar de angústias a invadir
Praias desertas de um coração mudo .


Por que às vezes nos perdemos em nós
Querendo enlaçar o mundo que nos cerca
Se a alma se encolhe e não se liberta ?


Sim, não entendemos que na Vida só
Se vive com o Amor em cumplicidade :
Razão diz sim ao que no Coração é só vontade ! ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário